Carregando...
Blog

Como andam as coisas por aqui

Meus meninos estão lindos. 
Caio está pestes a fazer 12 anos e a pré-adolescência chegou com todas as dificuldades e delícias da idade. É lindo vê-lo crescer e se tornar, aos poucos, independente, mas dá medo. Muito medo do meu menino nesse mundo. Vai a festas sozinho (nós levamos e buscamos). Continua no curso de inglês, que ele não gosta. Pediu pra entrar no basquete esse ano e tá curtindo. Definitivamente não gosta de estudar. Ama o irmão e, quando brincam juntos, parece que são da mesma idade apesar da diferença de 10 anos. Quer voltar da escola sozinho, a pé, mas não deixo ainda – morro de medo. Fica mais no computador do que eu gostaria. Os amigos conversam pelo Skype e ele quer ficar com os amigos (na Internet). Estou tentando mudar sua alimentação. Vejo algum progresso, mas ainda há muito a ser feito. Gosta de música, de filmes e de ver vídeos dos jogos que ele joga. É um garoto bom, mas tá experimentando nos desafiar. Enfim, tudo normal pra idade. E o normal da pré-adolescência significa nível hard
Artur tá fofo. Vai fazer 1 ano e 8 meses. Ama um quebra-cabeça de bichinhos que alugamos e consegue fazer sozinho. Mama muito de dia e à noite. Faz guerra pra escovar dentes ainda. Come bem o café da manhã e o lanche da tarde. Quase não come comida (almoço e jantar). Tá aprendendo a falar tanta coisa! Não falava quase nada há 1 mês. Ama brincar com os amigos do condomínio. Descemos todo santo dia de manhã pra brincar. Nunca dormiu uma noite completa. Acorda umas 5 ou 6 vezes por noite. Gosta de animais e monstrinhos. Tá apaixonado pela vovó e pelo pai. Acorda perguntando pelos dois. O irmão é paixão antiga. Fica envergonhado na frente das pessoas, mas em casa se solta. Gosta de comer amora, acerola e carambolas tiradas do pé. Dança, grita, pula, faz graça. 
A coisa mais linda é ver os dois juntos, brincando ou brigando. Artur fica confiante ao lado de Caio. Lá embaixo, no parquinho, Artur fica tímido. Se Caio chega, ele se solta. Os dois agora têm uma beliche, mas ainda não dormem juntos porque Artur acorda muito à noite. Tô doida que os dois comecem a dormir juntos. Na verdade, eu tô doida pra dormir 8 horas direto. 
Gosto de fazer comidinhas pros dois, mas fazer comida todo dia é chato, principalmente porque Artur não me larga. É o tempo todo comigo, no meu pé, literalmente na barra da minha saia. Às vezes, de tão cansada, me dá vontade de ligar a TV o dia todo em desenho pra eu descansar. Aí, respiro fundo e sento pra brincar com ele. Os finais de semana são cansativos. Um tem que estudar e o outro quer atenção. É tenso. Então, eu e Renato dividimos. Cada um com um filho. Quando Caio termina de estudar, ficamos todos juntos. 
É isso. Memórias guardadas no coração e no blog pra eles lerem quando crescerem.

Comentários

comments

3 comments
  1. Beth Salvia

    Lendo seu relato, bateu uma saudade dos meus gemeos, que nesse domingo fizeram 25 anos, apos 10 anos q nao passavamos juntos, cada um de nós veio de um canto do mundo e nos encontramos, foi maravilhooooso. Acho lindo qdo uma mae ou pai podem parar de trabalhar fora de casa pra viver o crescimento dos filhos, felicidaaaades, bjus

  2. Micha Descontrolada

    O meu Deus, que fofura esses dois lindões. Amo adolescentes, gente, acho uma diversão, mas tem que ter paciência pra compreender tudo mesmo. hahahaha.
    Cada fase tem um nível de dificuldade, né?
    O que importa é que seus meninos são maravilhosos demais. amo!!!

    Beijossssssss
    ┌──»ʍi૮ђα ツ

Leave a Reply

Favoritos da Dany
%d bloggers like this: