Carregando...
Blog

Que dia Artur vai nascer?

Essa pergunta aí do título é a que mais tenho ouvido nos últimos tempos. Afinal, entro no 9° mês hoje. O diálogo geralmente segue assim:
– Quando esse bebê nasce?
– Em setembro. 
– Mas que dia?
– Não sei. (sorrisinho amarelo)
– Ah, mas assim, até quando mais ou menos?
– Não sei mesmo. Vou esperar ele dar algum sinal de que quer nascer. 
– Ah, é… Você quer o tal do parto humanizado… Parto humanizado é aquele na água, né? 
Gente, mas como isso me irrita!!! Geralmente eu não respondo mais nada. Deixo pra lá. Eu não sei que dia meu filho vai nascer. Não, eu não quero ir pro abatedouro com dia marcado! Eu não tenho bola de cristal pra saber que dia ele vai estar pronto pra nascer. Parto humanizado não é necessariamente na água (estudem!) e eu não estou planejando que seja na água. Ele vai nascer onde eu estiver me sentindo mais confortável (na água, na cama, no chão, em cima da pia, de cabeça pra baixo, sei lá!). Sim, eu vou pra um hospital. Não vou parir na selva. Não, quem opta por parto normal não é riponga, bicho grilo nem natureba (eu me amarro em comer fast-food, por exemplo). A pessoa só se informou. Só isso. A porra da cesárea eletiva já tá tão enraizada na cabeça de todo mundo que agora é preciso ter data e horário pra nascer obrigatoriamente. Não, obrigada. Posso ceder “meu horário” pra outra pessoa. Parem com essa maluquice de que é preciso marcar na agenda o dia do nascimento do filho! E me deixem em paz!
O que eu penso sobre cesárea (agendada) eletiva é isso:
“Nós
combinamos com o bebê que ele vai nascer sexta-feira às quatro da tarde?
E se combinamos, ele respondeu pra gente que ele tem condições de
nascer? Essa combinação é impossível de haver. Essa combinação não
existe.” Ricardo Chaves, pediatra que preza pela humanização do parto
“Eu acho que o direito que a mulher tem de agendar uma cesárea acaba onde começa o direito do bebê de estar pronto para nascer. Não respeito esse direito que passa por cima de outro.” A. Fialho
9 comments
  1. Nine

    Oi, Dany! Essa reta final já é difícil, querendo parto normal então…vc cai na rota das esquisitas, hehe. Fique firme, não dê bola (eu ouvi cada coisa quando disse que meu filho nasceria em casa, foi duro) que a persistência vai valer a pena! E vc conseguiu encontrar uma equipe que seja, realmente, engajada em deixar que a mulher seja protagonista de seu parto: Beijos! Nine

  2. Ana

    Oi Danny!! minha louca e divertida blogueira,rsrs.. sumi de td,me "emb…"( leia aqui um palavrão bem feio aqui,que se fala mt aqui no nordeste,rsr) de td que é rede social,sumi do mapa..mas aos poucos to aqui..obrigada pelo carinho..Caso não consiga falar c vc antes,que seu parto seja tranquilo!! Boa hora p vcs! Beijos!

  3. Viviane Pereira

    Hoje em dia tudo é programado Dany. As pessoas não sabem fazer coisas sem agendas, horários, e isto é confortável, se formos analisar bem. Tem gente que se acha completamente impotente se não tiver o controle de tudo em suas mãos. É uma falsa sensação de poder. É tão bom deixarmos a vida fluir né? Vou refletir sobre o assunto.
    E boa hora pra vc e pro Arthur. 🙂

  4. Isso me irritava demais. Fora que a gente naquela ansiedade, a barriga gigante e as pessoas falando: "ai, não sei como você consegue". E minha cara de interrogação diante das colocações.

    Como assim como eu consigo? Não é para todas conseguirem??!!!

    Beijocas e muita paciência.

  5. Mulher Vitrola

    Ih, você ainda vai ouvir um tantão… acho é mais que cada um tem que escolher o melhor, e também pensar no bebê… infelizmente, o normal hoje em dia é o anormal, já reparou? Eunhem…

    Um beijo e fique firme! Tudo de bom para vocês 🙂

Leave a Reply

Favoritos da Dany
Por favor, aguarde!

Cadastre o seu email e receba as nossas atualizações!

Digite seu nome e email e receba nossas atualizações assim que eles forem postados. Seja sempre o primeiro a saber das novidades!
%d bloggers like this: