Carregando...
Blog

Desabafo de mãe

Eu sou uma mãe preocupada com o tempo que passo com Caio. Nunca engoli muito essa história de quantidade versus qualidade. Sempre gostei de estar com meu filho o máximo de tempo possível. Sei que muitas mães que leem meu blog trabalham 8h por dia e nem por isso a qualidade da relação mãe-filho é ruim, mas eu prefiro, gosto e necessito de tempo com ele. Como sou professora, tenho a opção de não trabalhar 8h por dia. Sendo assim, eu passava as manhãs com Caio, trabalhava à tarde e ia pra UFF à noite (ou vice-versa). Sempre abri mão da faculdade para estar com meu filho. Me inscrevia em poucas matérias, trabalhava poucas horas por dia e assim ia levando. Acontece que agora estou de emprego novo e, por conta disso, tive que mudar meu horário todo. Continuo no emprego antigo e estou dando aula em outro lugar também, além de ter que ir pra UFF. O fato é que já estou sofrendo por isso. Passarei poucas horas do meu dia com Caio e isso já está me tirando o sono. Eu AMO ser mãe. Mesmo. Faço questão de ser uma super mãe: brinco, ensino o dever, leio livros com ele, beijo, beijo, beijo, estou sempre presente, vou às festinhas da escola… Enfim, amo passar muito tempo com meu pequenino. Esse ano não será possível. E já estou com vontade de chorar. Tenho certeza que ficarei na rua o dia todo com o pensamento nele. Pensando se ele fez o dever direitinho, se brincou, se saiu da frente do computador (minha mãe não regula o tempo que ele tem que passar na frente do computador)… Meu coração vai ficar apertado. Mas de uma coisa eu tenho certeza: se eu não aguentar ou sentir que ele está precisando de mim, não hesitarei em trancar a UFF (como já fiz antes).

Comentários

comments

20 comments
  1. Pam Salzgeber

    OI Dany

    AI menina, doeu meu coração de ler seu pos, acho q vc ja percebeu que eu sou enloquecida pelos meus filhotes e esse ano queria arrumar um emprego pra ter um poquinho de vida própria.
    Mas só de pensar em ficar longe dos pequenos me ´da um nó na garganta, imagino vc do jeito que vc falou, vc deve ser mesmo um super mãe, e ficar longe é muito diicl, não só pra nós mas pra eles tbm.
    Mas ainda bem que vc tem opção de tnacar se precisar e não aguentar.
    Você tem sorte de ter sua mãe disponivel pra cuidar doseu Caio, pelo menos segurança de que ele vai ser bem cuidado vc tem né!

    Que Deus te abençoe Dany, e que seja feito sempre o melhor pra vc e sua familia.

    Beijocas

  2. Jú Ferrer

    Eu queria ter a opção de trabalhar meio período quando tivesse filho. Mas na minha profissão é muito difícil. Concordo com vc no aspecto quantidade x qualidade.

    Beijocas

  3. Mãe do Pitoco

    É, Dany, o mais importante é mesmo nos respeitarmos, respeitarmos nossos limites. Se vc acredita que precisa de mais tempo e será infeliz ou insegura se tiver pouco tempo com ele, deve evitar mesmo esta situação sempre que possível. Porque mamãe triste deixa filho triste, então sempre precisamos manter o respeito por nós mesmas, para respeitarmos eles também. Beijocas e que tudo vá pelo caminho certo, viu?

  4. Alê

    O que eu percebo é que todas as mães, de uma maneira geral, entendem que esse papel exige uma grande doação de si… sempre… e que fazemos isso com amor e vontade… sempre… Acho que toda mãe sabe o quanto de sua presença é necessária e pelo que percebo vc é uma daquelas antenadas! rs Acho que está fazendo as escolhas certas… Beijos.

  5. Dri

    O sorriso dele diz que Deus não poderia ter escolhido uma mamãe melhor pra esse serzinho!Parabéns Dany pela ótima mãe que vc é!E mesmo tendo pouco tempo tenho certeza que o tempo que ficara com ele será os melhores pra vcs dois!Mil bjs da dri

  6. dany

    É, meninas, não é fácil…
    Acho que vale a pena adiar alguns sonhos, mas se anular, nunca!

    Venho dando conta de tudo desde que Caio nasceu, mas sempre priorizando meu tempo com ele. A UFF pode esperar! 😉

  7. Dany eu imagino como fica teu coração apertado por ter que ficar longe do caio,tudo por uma boa causa vc vai trabalhar,estudar.Fica triste não amiga,se Deus quiser tudo vai dar certo.Atualizzei o blog,tenha uma otima semana.Bjus

  8. Vanessa Orgélio

    Nem posso imaginar o que uma mãe sente ao estar longe do filho o dia todo… sei que minha irmã quase enlouquece se passa muito tempo longe das minhas sobrinhas…
    A vida é feita de escolhas e pra nós mulheres é muito mais difícil pois ou escolhemos a familia ou a vida profissional, é muito complicado pra quem PRECISA juntar as duas coisas, mas com muita coragem e força vc consegue!
    Um abração!

  9. Tatiane Garcia

    Ai Danizinha…agora fiquei triste por vc! deixar o pimpolho não deve ser fácil…fico na torcida que tudo se arranje viu…
    Ah, sobre a história do artesanato, é uma loucurinha da minha adolescência…claro que a parte do museu foi só uma bricadeirinha…mas imagina q eu fui mesmo parar numa aula com um monte de velhinha…só eu mesmo…

    Beijo, Boa semana pra ti…

  10. Paloma

    É mesmo esse o maior dilema da maternidade, Dany. Eu, que trabalho em média 10 horas por dia, sei bem como você se sente. A gente quer ficar com eles. Mas também quer trabalhar, estudar. Encontrar a medida certa não é fácil _e talvez essa medida não exista, porque a gente sempre acha que está faltando aqui ou ali. bjo
    Paloma e Isa

  11. dany

    Thaís, vc resumiu o drama: é foda!
    Dói tanto, tanto…
    Dá vontade de largar tudo. Aliás, já tive essa vontade várias vezes…

  12. Thaís Rosa

    putz, dani, te entendo MUITO. este semestre também estou sentindo que meu tempo com o caio vai diminuir um pouco, e também estou agoniada… mas estou pensando que é um momento, que em menos de 6 meses vai passar, e que no semestre que vem as coisas estarão mais calmas, pois o "investimento" do primeiro semestre vai valer a pena… é foda, né…
    força aí, e tente fazer valer cada momento com ele!!
    beijo grande

  13. Karine

    Dany, concordo com a sua amiga acima! Você não vai deixar de ser uma mãe maravilhosa por TER que terminar a UFF. E cá pra nós: o futuro do Caio depende do seu e o seu, como de todas nós, é terminar a UFF. Paciência, querida. E saiba que Caio lá na frente, quando tiver o uso da razão, vai saber que sua mãe se desdobrou para aproveitar o tempo com ele. Muito carinho e paciência te mando desde terras gélidas!

  14. dany

    Mari, nem é que eu me sinta frustrada, não… Na verdade, fico p da vida de ter que "perder" meu tempo na UFF. Muitas vezes é uma perda de tempo mesmo. E eu sempre adiei a UFF por causa de Caio e do trabalho… E não me arrependo. Obrigada pelo carinho, querida!

  15. Mari Serezani

    Minha Amiga Queridaa…
    Vc não falou que se sentia frustrada em não terminar sua faculdade?
    Por mais que a gnt queira , não conseguimos ser perfeitas em tudo.
    Pense que a faculdade é por tempo DETERMINADO e vc não deixará de ser uma mãezona só pq passa menos tempo com o lindão do Caio.
    Vc mesmo que por poucas horas , estará com ele.
    Tem tanto Pai e Mãe que é ausente…
    Logo vc termina a UFF e terá esse tempo vago pra ficar com ele…é provisório!
    Sucesso…
    Fica tranquila
    Bjãozãoo

Leave a Reply

Favoritos da Dany
Por favor, aguarde!

Cadastre o seu email e receba as nossas atualizações!

Digite seu nome e email e receba nossas atualizações assim que eles forem postados. Seja sempre o primeiro a saber das novidades!
%d bloggers like this: